Nova Odessa: Secretaria de Saúde suspende atendimentos odontológicos, audiometrias e férias de servidores

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa anunciou nesta terça-feira (17) novas restrições com objetivo de evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19). Decreto assinado pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza e publicado na edição desta terça-feira (17) do Diário Oficial do Município determina a suspensão dos atendimentos odontológicos na rede pública, com exceção dos casos de emergência, dos exames de audiometria e das férias e licenças, remuneradas ou não, de todos os servidores lotados na pasta, enquanto perdurar o estado de emergência de saúde pública internacional. A medida é necessária, segundo o secretário Vanderlei Cocato, em razão da necessidade de todos os recursos humanos e físicos ficarem disponíveis às ações de atendimento elaborados pela Secretaria de Saúde.

O decreto prevê ainda a “prioridade absoluta”, junto às secretarias e demais estruturas administrativas municipais, dos processos administrativos ou qualquer outro procedimento relacionados a aquisição de bens e serviços necessários ao enfrentamento da pandemia. O documento cria também, de forma oficial, o “Gabinete de Crise, Prevenção e Reação ao Coronavírus”, presidido pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza e composto por todos os secretários municipais. Esse gabinete poderá ser convocado a qualquer dia e horário, inclusive aos finais de semana, pelo prefeito ou pelo secretário de Saúde, para discutir novas ações e medidas contra o coronavírus em Nova Odessa.

Para ampliar o atendimento na rede municipal de saúde, a pasta está reforçando as equipes que atuam na Atenção Básica. Além disso, foram suspensos as atividades em grupo no Caps (Centro de Atenção Psicossocial), incluindo oficinas e atividades de lazer, e o trabalho casa a casa dos agentes de controle de endemias, que atuam no combate à dengue. “A orientação é para que nenhum servidor entre nos imóveis. Estão mantidas as ações de orientação e coleta de materiais em áreas públicas, ruas e avenidas”, explicou Vanderlei Cocato.

CONSULTAS

A Secretaria de Saúde também está orientando os pacientes da rede com consultas agendadas no Ambulatório de Especialidades Médicas e nas unidades básicas de saúde do município a chegarem com 15 minutos de antecedência, não mais que isso. O objetivo da medida é evitar aglomerações nas salas de espera das unidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *