Plano de Saúde oferecido pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Hortolândia, atrai a atenção de associados e adesão é surpreendente

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Hortolândia (STSPMH), firmou parceria com a COOPUS que atende na cidade de Campinas e região.

A empresa que foi constituída em 1993 e seu sucesso é resultado de um sistema diferenciado de assistência à saúde para amparar o trabalhador e seus familiares.

Presente em 82 cidades, o Plano de Saúde da Coopus, comercializado com exclusividade em Hortolândia por R$ 184,15 pelo Sindicato dos Servidores Públicos, vem agradando os associados e gerando uma alta adesão.

Conversamos com alguns usuários deste serviço:

“Descobri uma doença degenerativa nos olhos, graças aos exames pedidos pelo Médico do convênio e feitos na Clínica Raski. Só tenho a agradecer”. (Maria C. de Oliv. Pinto)

“Precisei de um exame de densitometria óssea e consegui agendar meus exames sem burocracia e muito rápido”. Na prefeitura de Hortolândia, quando o servidor aposenta ele perde o direito ao plano do Samaritano, ou seja, na hora que mais se precisa, não têm acesso. No Sindicato, os servidores aposentados têm o direito de terem seu plano de saúde. (Sônia A. de Azevedo)

“Perdemos muitos amigos com a pandemia. Através do Sindicato entramos em um plano que pode ajudar a mim e minha família”. (Marcella A. Cordeiro)

“Aos 65 anos, preciso me cuidar. Todos os planos de saúde que procurei eram muito caros. Agradeço ao Sindicato por essa oportunidade. Agora estou cuidando da minha saúde”. (Valdivino P. de Sá)

O Presidente do STSPMH, José Carlos Bispo da Paz, também falou ao nosso Jornal:

“Tomamos posse em março do ano passado em meio a uma crise mundial de Saúde. Atualmente a Prefeitura subsidia 40% do custo do plano do Samaritano, mas infelizmente, os valores não permitem que aqueles que recebem os menores salários, utilizem o serviço. Fechamos um plano que assiste não só o servidor, mas também seus familiares. Estamos felizes por contribuir neste momento tão difícil”.

A iniciativa do STSPMH deveria ser seguida por outros sindicatos e empresas da região, em ofertar de maneira barata, planos de saúde que atendam verdadeiramente o trabalhador e seus familiares.

A Prefeitura Municipal de Hortolândia deveria também oferecer o mesmo benefício de subsídio, para os servidores que preferirem o Plano do Sindicato, isso aumentaria e muito o número de pessoas atendidas por planos particulares, reduziria a procura dos serviços dos SUS e contribuiria com o descongestionamento dos leitos de UTI no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *