Projeto social do, Guilherme Dall’Orto, chega a 4 mil pessoas atendidas

O projeto “MÃO DE IRMÃO” que foi criado com o intuito de fortalecer o atendimento a comunidade proporcionando atividade artísticas, culturais e esportivas alcançou o expressivo número de 4 mil pessoas atendidas em alguma das atividades desenvolvidas pelo projeto.

Iniciada em 2016, por iniciativa de um grupo de amigos que já atuavam pela região de Sumaré em diversas ações coletivas e individuais.

O grupo deu início as suas atividades com o apoio de Guilherme Campo Dall’Orto, que também atuava nas ações sociais pelo bairro, hoje é fundador e presidente do grupo.

“Sumaré é uma cidade tão grande quanto carente. A missão do Mão de Irmão é oferecer para a comunidade atividades culturais, esportivas e de qualificação profissional que elas não encontram nos órgãos públicos e que não conseguem ter acesso na rede privada por conta do custo ou da distância”, explica Guilherme.

O projeto social “MÃO DE IRMÃO” conta com campanhas de distribuição de leite, entrega de kit de macarrão, distribuição de aproximadamente 200 marmitas, aulas de zumba, artes marciais, campanhas de agasalho, calçados, doação de marmitas, etc.

A indústria Selmi, localizada em Sumaré, é uma das principais colaboradoras do projeto social e vem a cada dia atendendo mais pessoas.

Durante a última distribuição de marmitas, algumas das pessoas atendidas expressaram a importância do projeto. Vanderson Mendonça que participa do projeto disse:

“O olhar das pessoas que são beneficiadas pelo projeto são o meu pagamento. Agradeço ao Guilherme pelo apoio e manutenção deste lindo projeto. Sou uma pessoa melhor ajudando o próximo”.

As irmãs Adriana Carvalho da Silva e Adriene de Carvalho Souza, também se dedicam ao projeto e disseram que agora, a meta é chegar a 5000 pessoas atendidas.

Projetos como este são bem-vindos, pois suprem uma demanda que quase sempre não são atendidas pelo poder público. Até o prezado momento, a entidade não recebeu recursos públicos e as despesas são mantidas por voluntários, usuários e amigos.

Para saber mais sobre o projeto ou ainda contribuir, informe-se pelo telefone (19) 98838-3503

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *