O Brasil conquista seu primeiro outro e a torcida por mais uma medalha pode vir ainda hoje

Nas Olimpíadas de Tóquio, a primeira medalha de ouro veio sobre uma prancha de surf. Ítalo Ferreira venceu o japonês Kanoa Igarashi e registra seu nome na modalidade.

Nossa primeira medalha de ouro veio após assistirmos Kelvin Hoefler, paulista de 28 anos conquistar a prata no skate street masculino, do bronze do judoca gaúcho Daniel Cargnin, da prata de Rayssa Leal no skate street e do bronze de Fernando Scheffer na natação.

Com cinco medalhas, ainda hoje podemos obter mais uma através da natação.

Chegamos com uma delegação menor, mas fizemos a melhor largada na história das olimpíadas. A expectativa é grande.

A partir das 22h30 (horário de Brasília), tem início mais uma sessão com provas decisivas da natação nas Olimpíadas de Tóquio 2020. O Brasil estará em duas brigas por medalha na noite desta terça-feira (manhã de quarta-feira no Japão). Leonardo de Deus disputa a final dos 200m borboleta masculino, e o país participa da final do revezamento 4x200m livre masculino com Luiz Altamir, Fernando Scheffer, Murilo Sartori e Breno Correia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *